As 3 personalidades do primeiro ano RGPD

Se a Europa seguisse o mesmo diapasão que Portugal nem haveria RGPD, mas ainda assim, é mais que justo colocar Filipa Calvão como uma das personalidades europeias mais relevantes do primeiro ano de aplicação do RGPD.

Na Conferência “Proteção de Dados Pessoais – Um Ano Depois, Para Onde Vamos?” realizada no ISCTE & Alumni Clube ISCTE, no passado dia 23 de Maio, tive a oportunidade de fazer uma intervenção que me pareceu dever incluir referências às pessoas que mais contribuíram para a afirmação do RGPD.

Para além de evidenciar os factos mais sintomáticos do ano passado e apontar algumas tendências para o futuro de curto prazo escolhi 3 personalidades que se destacaram na aplicação do RGPD. Não foi necessária uma grande reflexão para constatar o óbvio. Sem sombra de dúvidas as personalidades do primeiro ano de aplicação do RGPD são, por ordem crescente, Max Schrems (Ativista da proteção de dados), Giovanni Buttarelli (Supervisor da European Data Protection Supervisor – EDPS) e Filipa Calvão (Presidente CNPD).

Em baixo os slides da minha intervenção:

RGPD-3-anos-depois-1

José Duarte Alvarenga

Author: José Duarte Alvarenga

Economista, Consultor, DPO, Co-Chair IAPP Lisbon KnowledgeNet Chapter, Certified Information Privacy Manager (CIPM), Data Protection Lead Auditor (DPLA)

Leave a Reply